π
<-
Chat plein-écran
[^]

MATERIAL1


Hierarchy of files

 Downloads
 Files created online(29200)
 HP-Prime(7444)

 mViewer GX Creator App(6684)

DownloadTélécharger


LicenceLicense : Non spécifiée / IncluseUnspecified / Included

 TéléchargerDownload

Actions



Vote :

ScreenshotAperçu


Informations

Catégorie :Category: mViewer GX Creator App HP-Prime
Auteur Author: bruno canuto
Type : Application
Page(s) : 58
Taille Size: 1.23 Mo MB
Mis en ligne Uploaded: 09/10/2019 - 21:10:48
Uploadeur Uploader: bruno canuto (Profil)
Téléchargements Downloads: 1
Visibilité Visibility: Archive publique
Shortlink : http://ti-pla.net/a2362251

Description 

Diretrizes para Projetos de Sistemas de
Distribuição.

LEONARDO NOTZ

Instituto Federal da Bahia - IFBA
Campus - Salvador


20 de Setembro de 2019




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Sumário


1 Documentos necessários;

2 Memorial Descritivo;

3 Cálculo do Dimensionamento do Transformador;

4 Estruturas Primárias e Secundárias de Distribuição de
Energia;

5 Estruturas de Iluminação Pública;

6 Simbologia de Projeto de Rede de Distribuição.


LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Documentos




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Documentação

Para os projetos de redes de distribuição de energia elétrica, são
necessários os seguintes documentos:

Cópia de identificação do cliente (Rg/CPF ou cópia do
contrato social, caso seja PJ);

ART (Anotação de responsabilidade técnica) do responsável
técnico. Nesta devem constar as atividades técnicas de
subestação de energia (informando a potência transformadora
total do empreendimento) e rede de distribuição de energia
elétrica;

Carta de credenciamento ao responsável técnico;

Licença ambiental do empreendimento (RESOLUÇÃO
CEPRAM No 4.579).

LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Documentação




Carta de apresentação com informações gerais acerca do
projeto (endereço, quantidade e potência dos transformadores,
carga instalada e quantidade de consumidores...);

Carta de transferência de rede.




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Memorial Descritivo




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Memorial Técnico Descritivo


Contém as caracterı́sticas técnicas do projeto, tais como:

Quantidade de consumidores;

Quantidade de transformadores;

Tensões primária e secundária de distribuição;

Tipos de condutores dos circuitos primário, secundário e de
iluminação;

Extensão das redes primária, secundária e de iluminação;




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Memorial Técnico Descritivo



Tipos de estruturas a serem utilizadas;

Instalação dos equipamentos de proteção, aterramentos do
neutro e equipamentos;

Relação de materiais;

Cálculo do dimensionamento de cada transformador.

Cálculo de queda de tensão do circuito secundário de cada
transformador.




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Dimensionamento do
Transformador




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Dimensionamento dos transformadores




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Dimensionamento dos transformadores




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Dimensionamento dos elos fusı́veis




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas Primárias




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas primárias




i Na codificação (designação) das estruturas de rede compacta
foram adotadas as seguintes regras adaptadas da NBR 15992:

ii Estruturas básicas: indicar a sigla CE (compacta em
espaçadores) seguida do número 1 (com braço tipo L), 2 (com
isolador polimérico tipo pino), 3 (uma ancoragem de rede) ou 4
(duas ancoragens de rede). Existe, uma exceção que é a
estrutura CE1A (com braço antibalanço).




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas primárias




A estrutura CE1A pode ser utilizada alternadamente, em
tangente, com estruturas CE1. É recomendável utilizá-la no
máximo a cada 200 m de rede, aproximadamente, com vãos
em tangência.

Estruturas CE4 devem ser projetadas sempre que possı́vel a
cada 500 m de rede, visando assegurar maior confiabilidade ao
projeto mecânico da rede.


LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas primárias


O quadro abaixo mostra o afastamento entre o primeiro
espaçador e cada estrutura.




Ao longo do vão devem ser projetados espaçadores em
intervalos de 7 m a 10 m, conforme a seguir.




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas primárias




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas primárias
Para que a sequência de fases seja mantida nos espaçadores
ao longo da rede, deve-se manter a fase C sempre do lado do
poste. A fase B deve ser instalada obrigatoriamente no berço
inferior do espaçador losangular, conforme Figura abaixo.




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas primárias
A quantidade de espaçadores aplicados em um vão é função
de seu comprimento, conforme Quadro abaixo.




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE1




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE1-A




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE2




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE3




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE4




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE2 TR




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura CE2.CE3




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas Secundárias




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IT-A




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IT-2




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IT-1




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura ITA-1




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IT-3




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura ITA-2




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IT-4




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IT-R




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estruturas de Iluminação




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IP-A




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IP-2




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IP-1




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IPA-1




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IP-3




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Estrutura IP-M




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Simbologia de Projeto




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Representação das estruturas




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Representação dos condutores




Os condutores da rede secundária aérea isolada multiplexada
de alumı́nio, devem ser representados com a indicação do
número de fases, formação do cabo, bitola das fases, bitola do
neutro, material e classe de tensão, conforme figura seguinte:




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Representação dos condutores




Os condutores da rede compacta com espaçador devem ser
representados indicando-se o número de fases, a bitola do
cabo coberto, a letra C e a tensão nominal do condutor,
conforme figura abaixo.




LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Representação das unidades consumidoras nas plantas

As unidades contempladas no projeto devem ser identificadas
com uma seta desenhada após o ponto de entrega, conforme
seguinte:




As unidades já atendidas devem ser identificadas somente com
a linha do limite de propriedade.

LEONARDO NOTZ Diretrizes para Projetos de Sistemas de Distribuição.
Representação das unidades consumidoras nas plantas




As setas representativas das ligações de novas unidades
consumidoras devem s...

Archive contentsContenu de l'archive

Action(s) SizeTaille FileFichier
3.06 Ko KB readme.txt
3.65 Ko KB lisezmoi.txt
1.09 Ko KB MATERIAL.hpprgm
408.85 Ko KB MATERIAL 01_20.hpappdir.zip
493.04 Ko KB MATERIAL 21_40.hpappdir.zip
365.70 Ko KB MATERIAL 41_58.hpappdir.zip
234 octets bytes appslist.txt

Pub / Ads

-
Search
-
Featured topics
Concours TI-Planet-Casio de rentrée 2019. 3 défis pour plus d'une 15aine de calculatrices graphiques et nombre de goodies sortant de l'ordinaire ! :D
Comparaisons des meilleurs prix pour acheter sa calculatrice !
12
-
Donations / Premium
For more contests, prizes, reviews, helping us pay the server and domains...

Discover the the advantages of a donor account !
JoinRejoignez the donors and/or premium!les donateurs et/ou premium !


Partner and ad
Notre partenaire Jarrety 
-
Stats.
650 utilisateurs:
>604 invités
>40 membres
>6 robots
Record simultané (sur 6 mois):
6892 utilisateurs (le 07/06/2017)
-
Other interesting websites
Texas Instruments Education
Global | France
 (English / Français)
Banque de programmes TI
ticalc.org
 (English)
La communauté TI-82
tout82.free.fr
 (Français)